Archive for agosto \29\UTC 2008

h1

I DON´T WANNA MISS A THING

sexta-feira, 29 agosto, 2008

Como já tratamos no post SOBRE AS TRILHAS SONORAS, as canções e temas fazem toda a diferença em um longa. Elas ditam o ápice das emoções, o momento de refletir e até o ritmo dos acontecimentos. Umas das canções que mais marcaram como trilha é “I Don’t Wanna Miss A Thing” do grupo Aerosmith, imortalizada no filme Armagedom, que foi indicada até ao Oscar em 1999. Segue a canção aplicada nos créditos do filme (original)… Fica fácil entender, porque a música se tornou sinônimo da aventura de Bruce Willis no espaço.

Anúncios
h1

NÃO POR ACASO

quinta-feira, 28 agosto, 2008

O filme “Não Por Acaso” de 2007 trata a história de Ênio, um engenheiro de trânsito de meia idade interpretado pro Leonardo Medeiros e Pedro, um marcineiro especializado em fazer mesas de sinuca, interpretado por Rodrigo Santoro.

A vida dos dois se cruza por conta de um trágico acidente de trânsito que atinge fatalmente pessoas queridas para ambos e transforma a suas vidas, colocando novos personagens em suas vidas: Ênio tem sua vida balançada por uma filha adolecente com a qual não sabe lidar e Pedro descobre na inquilina da sua ex-namorada uma porta de saída para a depressão pela perda de sua amada.

O longa é o primeiro do diretor Philippe Barcinski e prima pela inovação. Por ser rodado em São Paulo tem intrinseco um tom urbano, muito ressaltado pela belissima fotografia que mostra a cidade de uma maneira mais charmosa, mesmo quando o cenário é mais rústico e abandonado. As locações são muito diferentes, vão de bairros meramente comerciais ao centro velho em um show de imagens.A trilha colabora com o tom, mesclando uma música comtemporanea com o instrumental que dita o ritmo do filme.

O elenco é um show a parte, Medeiros trás na sua face a expressão do mesmo que é a principal característica do seu personagem. Santoro sai do esteriótipo de galã e convence com um tom introspectivo e as vezes até sonso no papel de Pedro. Além disso Letícia Sabatela e Branca Messina completam o grupo, encenando a nova mulher na vida de Pedro e a filha de Ênio, respectivamente.

A grande sacada do filme é tratar da volatilidde da vida, como tudo pode mudar quando menos esperamos, como cada segundo pode redesenhar toda a história, trazendo dor mas ao mesmo tempo abrindo portas para novas experiências. O filme é sensível, toca quem assiste e deixa sua mensagem de que a vida é agora. Mais um filme nacional altamente recomendado.

h1

NOVO SUPERMAN

quarta-feira, 27 agosto, 2008

Os estúdios da Warner ficaram empolgados com o sucesso de Batman – O Cavaleiro das Trevas e pretendem usar da mesma fórmula para lançar os seus próximos filmes de super-heróis.Segundo o jornal The Wall Street Journal, o presidente da Warner, Jeff Robinov, disse que irá utilizar do clima sombrio e pesado que usaram com o Homem-Morcego em outro super-herói: o Superman. Os longas que trouxeram o famoso Clark Kent para as telonas ainda não conseguiram agradar aos fãs mais apaixonados do personagem da DC Comics.

Robinov ainda contou que até 2011 pretende lançar mais oito filmes de super-heróis dos quadrinhos como o Arqueiro Verde, o Flash, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde e alguns outros integrantes da Liga da Justiça.

 

Fonte: www.cineclick.com.br

h1

ÚLTIMA PARADA 174

quarta-feira, 27 agosto, 2008

No próximo dia 24 de Outubro, o cinema nacional lança mais um longa baseado em fatos reais que retrata a violência das grandes cidades. Trata-se de “Última Parada 174” que conta a história de Sandro Nascimento, o menino de rua que virou notícia duas vezes ao longo de seus 22 anos de vida. Da primeira vez, quando sobreviveu ao ataque do esquadrão da morte que matou um grupo de meninos acampados na Candelária, no centro do Rio de Janeiro. E em 2000, quando sequestrou o ônibus que percorria a linha 174 e foi morto com a última remanescente dos reféns por causa de uma ação desastrada dos policiais encarregados do caso.

O filme é dirigido por Bruno Barreto que se inspirou no documentário “Ônibus 174”, o filme que projetou José Padilha (diretor de Tropa de Elite) como cineasta, para fazer seu longa que será estrelado por Michel Gomes como Sandro e conta com Cris Vianna, Marcello Mello Jr. e Douglas Silva no elenco.

Segue o trailer do filme, esperamos que seja mis um da ótima safra nacional:

h1

OS SIMPSONS – O FILME

terça-feira, 26 agosto, 2008

 

Estréia dia 30 de agosto no Telecine, Os Simpsons – O Filme, um dos filmes mais esperados da história do cinema, que arrebentou com as bilheterias norte-americanas e mundiais.

 

Um sucesso tão grande que o Telecine aposta alto na estupenda história de Matt Groening, fazendo grande divulgação, tanto em chamadas nos diversos canais da rede GloboSat, no meio dos filmes que são exibidos nos 5 canais do Telecine, quanto em flayers que são distribuídos em botecos, academias e postos de gasolina, e alem das bolachas para os copos de chopp nos bares da Vila Madalena em São Paulo.

 

Muitos criticaram o filme dizendo que não se passava de um capítulo longo de Os Simpsons, mas afinal o que eles queriam? O filme é muito engraçado e com uma história bem diferente dos capítulos das temporadas passadas. Em alguns momentos os fãs dos Simpsons vão conciliar as frases ou cena com capítulos antigos, mas nada que atrapalhe quem nunca assistiu a série.

 

Todos os personagens de Springfield estão no longa, sem exceção, mas claro que Homer Simpson é o centro das atenções. Um filme que vale muito a pena ser revisto diversas vezes. Afinal quem se esquece do Porco-Aranha?

h1

ERA UMA VEZ

domingo, 24 agosto, 2008

O longa “Era Uma vez” do diretor Breno Silveira foi lançado sob a sombra do sucesso do diretor de “2 Filhos de Francisco. Trata-se de um grande amontoado de clichês, mas que funciona. O filme conta a história de Dé (Thiago Martins), um morador da favela do Canta Galo que tem da laje de seu barraco a vista privilegiada de Ipanema, o jovem é um trabalhador que ainda muito novo viu um de seus irmãos ser assassinado e outros er preso injustamente.

Dé trabalha em um quiosque de praia e vive um amor platônico pela jovem Nina, filha de um grande advogado que vive em um amplo apartamento na principall avenida de Ipanema, de frente ao quiosque. A saída do irmão de Dé da cadeia muda tudo e coloca o amor dos jovens em um espiral comovente que faz quema ssiste prender a respiração em alguns momentos.

O ator Thiago Martins

A história, apesar de previsivel é bem desenhada. O surgimento do amor de ambos e os entraves que uma união tão improvável são simples mas entregam um ótimo entretenimento. Emociona e por vezes faz pensar. A trilha sonora composta por músicas nacionais vai do funk à MPB e ajuda muito a dar o tom romantico do filme, as canções foram muito bem selecionadas.

O filme como um drama romântico entrega o que se espera. No entanto o diretor peca um pouco ao tentar tirar o filme da previsibilidade no final e acaba cindo na cilada do sensacional, fazendo a história ter um final um pouco decepcionante.

A atuação de  Thiago Martins, que cresceu em uma favela no Rio onde diz morar até hoje é muito convincente, ele encarna e personifica o jovem batalhador da favela com muita competencia. Fica a dica de mais um bom filme nacional, mais um embate entre a pobreza e a riqueza ambientado no cenário favorito dos cineastas brasileiros: a favela.

h1

AUMENTO DE PREÇOS

domingo, 24 agosto, 2008

Quem tem coleção de DVDs sabe o quão caro a brincadeira pode sair. Uma boa opção eram os DVDs semi-novos da Blockbuster. Para quem não sabe, a locadora faz grandes compras dos lançamentos para garantir que não falte na época dos lançamentos, depois que o ápice das locações passou eles fazem uma espécie de feirão com grande parte dos DVDs vendendo-os a preços legais pois combinam o fato se ser lançamentos com serem usados.

Antigamente os preços giravam entre R14,99 a R$19,99, o suficiente para um DVD usado, mesmo estando em ótimo estado. Hoje, coma mudança para Americanas Express os preços desses DVDs pularam para cerca de R$29,99, chegando em alguns casos a quase quarenta reais, um absurdo!

Imaginem que em alguns casos o DVD usado sai mais caro que o novo, não faz sentido nenhum! Acredito que a empresa esteja cometendo um grande erro, pois a venda a preços justos satisfazia os clientes, eu por exemplo só comprava os DVDs nessa condição, e também ajudava a amortizar os custos do DVD, pois ele provavelmente ficaria parado em algum estoque por falta de espaço nas lojas… vamos torcer para que eles caiam em si e voltem a fazer um preço interessante para ambos, até lá não compro mais os famosos semi-novos da Blockbuster/Americanas Express.